12 de março de 2017

Sobre minha ansiedade - parte 1

Talvez a parte mais difícil não seja essa ânsia de não conseguir esperar pelo momento, talvez seja a parte que você ainda não sabe se vai realmente dar certo.
Será que vai acontecer como eu penso que vai? Provavelmente nãp. Mas a minha mente não me permite pensar em mais nada, tudo o que ela quer saber é sobre o futuro. Mas, como fazer a mente parar? - Faz outras coisas. - Talvez você pensa. Mas fazer outras coisas parece só piorar e deixar a mente ainda mais confusa e na boca do estômago um emaranhado de emoções dificeis de decifrar. É dificil respirar; Meu peito se move para cima e para baixo, mas a sensação é que estou sufocando a todo momento. 
Ansiedade é terrivel. Aprendi a conviver com ela há algum tempo, mas em alguns dias é realmente impossivel convivermos harmoniosamente; ela é muito forte e poderosa e eu sou pequena perto dela. É como um urso gigante e eu um mosquito que tenta brincar com ela.
Estou presa no sofá. Estou presa dentro de mim mesma. 
"Está tudo bem?", me perguntam quando passam por mim. Balanço a cabeça positivamente afirmando que sim, cansada de mais para explicar o turbilhão de coisas que estão acontecendo aqui dentro.

___Ruana Lins